Home > Notícias > Acontece > Regular para uns, ótimo para outros

Regular para uns, ótimo para outros

22/01/2014

Alguns setores da economia tiveram crescimento de dois dígitos.

 

O ano de 2013 não foi ruim para todos os segmentos da economia, como tem sido comum ver nos noticiários. Isso pode se constatado numa matéria da Folha de São Paulo (ver site da Abimaq), que mostra alguns setores que fecharam o ano com resultados bastante positivos, com crescimento acima de 10%, e que inspiram assim boas perspectivas para 2014.

O setor de energia eólica, por exemplo, registrou 1.500% de crescimento no ano passado.  Outro segmento que assinalou números promissores foi o de caminhões. Depois de apontar em 2012 a maior queda de produção em 50 anos, o setor registrou aumento de 47% na fabricação de veículos até novembro.

Na área agrícola, a pujança da lavoura de soja foi responsável por cerca de 40% da produção nacional de grãos, leguminosas e oleaginosas. Depois de uma quebra de safra em 2012, provocada pela seca nas regiões produtoras do sul do país, a produção de soja brasileira se recuperou e cresceu 23,8% neste ano, segundo o IBGE.

O mercado de retroescavadeiras, dominado por marcas globais como CNH, Caterpillar e AGCO, também manteve ritmo acelerado no ano passado, com 20,4% de crescimento. De carona na safra recorde de grãos de 2013, o setor de máquinas agrícolas – pulverizadores, plantadeiras e arados – encerrou o ano com um crescimento de 18,4% no faturamento. Os cinco segmentos citados provam que o momento econômico pelo que o Brasil atravessa oferece muitas oportunidades de negócios. Ótimas para uns, regulares para outros.

Fonte: Folha de SP/Abimaq