Home > Notícias > Acontece > Indústria automotiva tem balanço positivo em 2018

Indústria automotiva tem balanço positivo em 2018

04/02/2019

Vendas de caminhões e máquinas agrícolas cresceram

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o resultado da indústria automobilística brasileira no ano passado mostrou que 2018 consolidou a retomada iniciada em 2017. O mercado interno teve forte reação, o que mostra que parte da demanda reprimida foi bem atendida. O crescimento das vendas de caminhões e máquinas agrícolas indica a recuperação da economia brasileira.

Pelo balanço do setor, divulgado na segunda semana de janeiro, o licenciamento de autoveículos em 2018 registrou 2,56 milhões de unidades, aumento de 14,6% frente às 2,24 milhões de unidades vendidas em 2017. Na análise mensal, foram negociadas em dezembro 234,5 mil unidades, o que representa crescimento de 1,6% sobre as 230,9 mil unidades de novembro, ou de 10,3% na comparação com as 212,6 mil de dezembro de 2017.

O crescimento das vendas de caminhões e máquinas agrícolas indica a recuperação da economia brasileira. “O único indicador negativo foi o volume de exportações, por conta da forte retração do mercado argentino, nosso principal parceiro comercial. O balanço da produção também foi positivo, mesmo com a redução nas exportações”, afirmou Antonio Megale, presidente da Anfavea.

As vendas de caminhões em 2018 registraram 76 mil unidades, expansão de 46,3% diante das 52 mil unidades do ano anterior. Na análise mês a mês, as 7,6 mil unidades comercializadas em dezembro ficaram 0,6% abaixo das 7,7 mil de novembro e 25,7% superiores às 6,1 mil unidades de dezembro de 2017. A produção encerrou o ano com alta de 27,1%: foram 105,5 mil unidades em 2018 e 83 mil em 2017. No segmento de ônibus, as vendas em 2018 foram de 15,1 mil unidades, crescimento de 28,3% frente às 11,7 mil de 2017.

No ano passado foram vendidas 47,8 mil máquinas agrícolas e rodoviárias, expansão de 12,7% sobre as 42,4 mil em 2017. A produção nos 12 meses de 2018 acumulou 65,7 mil unidades e ficou 23,8% acima do que 2017 (53 mil). No último mês do ano, quando o setor comercializou 4,4 mil unidades, houve aumento de 18,3% ante as 3,7 mil de novembro e de 22% sobre as 3,6 mil de dezembro de 2017. (fonte: Anfavea)