Ir à entrada do site Envie um e-mail Siga-nos no Facebook Assista à Gühring TV
 
 
NEWSLETTER
                                Curta a
  TV Gühring            nossa página YouTube Facebook
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Compartilhar em outras redes
ISO 9001 - GÜHRING ISO 9001
Home  /  Novidades  /  Gühring  /  COM CRISE E TUDO, O OTIMISMO REINA NO...  

COM CRISE E TUDO, O OTIMISMO REINA NO MERCADO AUTOMOTIVO


Segmento ainda é muito promissor no país

AUTOMOTIVO

Enquanto o mercado interno cai, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), entidade que representa os fabricantes de veículos, pretende compensar com exportações ao menos parte dos resultados negativos. De janeiro a julho as vendas de carros brasileiros a outros países somaram 225,3 mil unidades, com alta de 10,7% na comparação com o resultado do mesmo período de 2014. Considerando apenas julho, as exportações somaram 28,2 mil veículos entre leves e pesados.

Recentemente o governo brasileiro renovou o acordo automotivo com o México, e isso já possibilitou um avanço de 70% nas exportações para esse país. Nesse momento os empresários do setor automotivo apostam nos acordos em andamento com os governos peruano e colombiano para continuar a retomada das exportações de veículos. Recentemente o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, esteve nos Peru e na Colômbia e citou que entre as ações previstas estão as negociações para antecipar os cronogramas de redução de tarifas, a conclusão de acordos de cooperação, além de ações para facilitar os investimentos e o fortalecimento de mecanismos de comércio bilateral.

Para Luiz Moan, presidente da Anfavea, apesar da queda na venda e na produção, o mercado brasileiro de carros ainda é muito promissor. “Temos um índice de motorização bastante baixo no Brasil, um mercado interno potencial e muito vigoroso a ser desenvolvido e também um mercado externo extremamente forte para ser conquistado. Estamos passando por um momento difícil, mas que será superado. E prova de que é apenas um momento são os recentes investimentos anunciados pelas montadoras, que estão se mantendo mesmo com a crise econômica”, ressalta o executivo.

De acordo com a Anfavea, o segmento de caminhões teve a melhor performance no período, com aumento de 12,2% na comparação anual e 11,9 mil unidades embarcadas para outros países. As exportações de veículos leves aumentaram 10,7%, para 209,3 mil unidades. Já as vendas de ônibus a outros países tiveram evolução mais discreta, de 3,7%, para 3,9 mil chassis. Em valor, os resultados do acumulado de janeiro a julho ficaram menores. As empresas instaladas no Brasil registraram faturamento de US$ 6,28 bilhões no período, com queda de 10% sobre os primeiros sete meses do ano passado. “A tendência é de melhora, com redução do resultado negativo”, avalia Moan.

(fonte: ABCD Maior/Automotive Business)

 
 
Gühring Brasil ·  Av. Tranquillo Giannini, 1051  ·  Distrito Industrial  ·  13329-600 Salto, SP  ·  T 11 2842-3066 · F 11 2842-3091